ÁREAS

  1. Home
  2. |
  3. ÁREAS
  4. |
  5. ATOMÍSTICA
  6. |
  7. O ÁTOMO

ATOMÍSTICA - Profº Sergio Pereira

 Faz parte da natureza humana querer saber como tudo funciona. Não foi e não é diferente quando o assunto é composição da matéria. Como o homem não consegue visualizar as minúsculas partículas que compõem a matéria, resolveu propor modelos para explicar o assunto. Estes modelos pretendem lançar luz sobre como devem ser – e não exatamente como são – tais partículas.
 Tais modelos se transformaram no decorrer da história. Os gregos, digamos, deram o pontapé inicial para nos aproximarmos dessa tal verdade, que em geral insiste em se afastar.
Leucipo e Demócrito, no século 4o a.C sugeriram que a menor porção da matéria seria indivisível e a batizaram como átomo (em grego: não divisível). Os modelos atômicos mais conhecidos que sucederam são:
• (1) Dalton: o átomo como uma esfera maciça e indivisível;
• (2) Thomson: o átomo se comportava como um “pudim de passas”, em que as “passas” são as cargas negativas; 
• (3) Rutherford: o núcleo é positivo e os elétrons, que são negativos, estão ao seu redor.
 No modelo de Rutherford, o núcleo possui partículas com massa: os prótons (carga positiva) e os nêutrons (sem carga). Ao redor do núcleo, estão os elétrons (carga negativa), que são desprovidos de massa.

Fonte: http://www.infoescola.com/quimica/atomo/


O número atômico (Z) é a identidade de um elemento químico e corresponde ao número de prótons de um átomo, portanto, átomos de um mesmo elemento químico possuem mesmo número atômico.
A união de átomos forma uma substância. Quando estes átomos são de um mesmo elemento químico, formam uma substância simples. Quando ocorre a formação de uma substância com átomos de diferentes elementos, há uma substância composta. É importante sabermos que os elementos químicos são sintetizados no interior das estrelas por reações nucleares de fusão, em que átomos mais leves resultam em átomos mais pesados.

 

video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video

Lista Respostas
Lista de atomística ver / baixar Começar

Videoaula

Áudio

Nenhuma audio cadastrado

Você sabia que o hidrogênio (H) é o elemento químico mais abundante no universo? Pois é, cerca de 90% de todos os átomos que existem correspondem ao átomo de hidrogênio, e mais: 75% da massa de todo o universo é composta por hidrogênio! O segundo elemento mais abundante em massa é o hélio (He), que corresponde a 23% de toda a massa da matéria existente.

Quando mencionamos apenas o planeta Terra, a situação é diferente, o elemento químico oxigênio (O) sai na frente correspondendo a 49,78% da massa do planeta (componente do gás oxigênio e da água), seguido pelo silício  (Si) que é encontrado em solos, rochas e areias.   

Selecione uma aula ao lado para visualizar seu conteúdo!

Videoaula

COZINHAR FEIJÃO EM PANELA DE FERRO

INTRODUÇÃO

COMPORTAMENTO DIFERENCIADO DA ÁGUA

Tire suas dúvidas com professores qualificados.

A qualquer momento, esteja à vontade para entrar em contato conosco! Tire suas dúvidas e peça-nos sugestões a respeito dos temas que mais caem nos principais vestibulares do Brasil! Também, estamos abertos às suas sugestões e críticas para que o Enemex Química fique cada vez melhor!

Estamos à sua disposição!

Um abraço e muito obrigado por nos acompanhar!

Prof. Sergio Pereira e Joel Pontin