ÁREAS

  1. Home
  2. |
  3. ÁREAS
  4. |
  5. ELETROQUÍMICA
  6. |
  7. ELETRÓLISE

ELETROQUÍMICA - Profº Sergio Pereira

          A eletrólise é um processo eletroquímico não espontâneo que ocorre com a aplicação de energia elétrica sobre o sistema. Essa energia, em geral fornecida por um gerador como pilha ou bateria, provoca a quebra (lise) de estruturas complexas, tornando-as mais simples.

 

APLICAÇÕES

          A eletrólise é muito utilizada para obtenção de alumínio a partir do minério bauxita (Al2O3.2H2O). Este é desidratado (Al2O3) e posteriormente submetido a eletrólise.

          Indústrias galvânicas também se utilizam da eletrólise para fazer coberturas em peças metálicas. É o caso da zincagem, na qual uma camada de zinco metálico é aplicada sobre a superfície de outro metal a fim de protegê-lo da corrosão.

 

FUNCIONAMENTO

          Na eletrólise, temos um gerador de energia com um polo positivo e um polo negativo. Os cátions da amostra que sofrerão o processo são atraídos pelo polo negativo e sofrem redução, enquanto os ânions são atraídos pelo polo positivo e sofrem oxidação.

          Atente para o fato de que, na eletrólise, o polo positivo (+) é nosso ânodo, enquanto o polo negativo (-) é o cátodo. Para não confundir, lembre-se que tanto na eletrólise quanto nas pilhas a redução ocorre no cátodo e a oxidação, no ânodo. Apenas os sinais dos polos são diferentes.

 

TIPOS

          A eletrólise pode ser classificada em duas formas: a ígnea e a aquosa. A eletrólise ígnea não tem água. Uma amostra qualquer é aquecida até que se liquefaça e forneça íons, que são atraídos pelos polos positivo e negativo da bateria.

          Na eletrólise aquosa, a espécie que queremos eletrolisar é dissolvida em água, provocando competições entre cátions e ânions da amostra com os íons hidrogênio e hidroxila provenientes da água. Para sabermos se o processo ocorrerá com os íons da amostra ou da água, é necessário analisarmos as tabelas com potenciais presentes nos livros didáticos e no nosso portal.

 

BASE DE CÁLCULOS

          Sempre que precisar efetuar cálculos, considere como referência fundamental a relação de que 1 mol de elétrons carrega um total de carga equivalente a aproximadamente 96.500 coulombs.

video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video

Lista Respostas
Lista 1 - Eletrólise ver / baixar Começar

Videoaula

Nenhuma video cadastrado

Áudio

Nenhuma audio cadastrado
Nenhuma curiosidade cadastrada

Selecione uma aula ao lado para visualizar seu conteúdo!

Videoaula

REGRA DO OCTETO

QUESTÃO 3 - QG - ENEM 2016

A RELAÇÃO ENTRE A ARGENTINA E A PRATA

Tire suas dúvidas com professores qualificados.

A qualquer momento, esteja à vontade para entrar em contato conosco! Tire suas dúvidas e peça-nos sugestões a respeito dos temas que mais caem nos principais vestibulares do Brasil! Também, estamos abertos às suas sugestões e críticas para que o Enemex Química fique cada vez melhor!

Estamos à sua disposição!

Um abraço e muito obrigado por nos acompanhar!

Prof. Sergio Pereira e Joel Pontin