ÁREAS

  1. Home
  2. |
  3. ÁREAS
  4. |
  5. FORÇAS INTERMOLECULARES
  6. |
  7. CONCEITOS - FORÇAS INTERMOLECULARES

FORÇAS INTERMOLECULARES - Profº Sergio Pereira

Um tópico interessante para se conversar em química são as interações intermoleculares pois, por meio delas, podemos entender diversos fenômenos que ocorrem na natureza  e que estão relacionados à solubilidade de substâncias, atividades biológicas no nosso organismo e até entender porque uma lagartixa sobe nas paredes! Sim….até isso explicamos por interações intermoleculares. Portanto, esse tópico não é importante só do ponto de vista cultural, como também é uma das áreas da química que mais aparecem nos vestibulares. Com base nisso, vamos estudar!

 

Para começar, tenha em mente que:

Intermolecular é diferente de intramolecular! “Interações intermoleculares’’ também podem aparecer na literatura como “forças intermoleculares” ou “ligações intermoleculares” e é por causa deste último sinônimo que muitas pessoas se confundem e pensam em ligações intramoleculares: covalente, covalente coordenada (dativa), iônica ou metálica. Para que você nāo se confunda com isso, saiba que:

inter = entre

molecular = moléculas

 

Desta forma, a palavra “intermolecular” relaciona-se com um tipo de interaçāo que pode ocorrer entre duas ou mais espécies e nāo apenas dentro de uma única molécula ou unidade de um composto iônico. Vamos a Estas interações:

 

1) Íon-dipolo: são interações que ocorrem entre compostos iônicos e substâncias polares. Ocorre tipicamente na dissolução de sais em solventes polares. 

Exemplo: Dissolução de sal de cozinha (NaCl) em água (H2O).

 

2) Ligações de hidrogênio: sāo interações fortes entre o átomo de hidrogênio (H) de uma molécula e algum dos átomos seguintes: flúor (F), oxigênio (O) ou nitrogênio (N) de outra molécula. Estas interações são muito fortes devido à grande diferença de eletronegatividade entre o hidrogênio e qualquer um dos outros três átomos citados. 

Exemplo: interação entre as moléculas de água, dissolução de HF em água.

  

3) Forças de Van der Waals: 

São interações representadas por: dipolo-dipolo (dipolo permanente-dipolo permanente), dipolo- dipolo induzido e dipolo induzido-dipolo induzido (forças de London).

 

a) Dipolo-dipolo: interações que envolvem substâncias polares. São mais fracas do que as ligações de hidrogênio, pois a diferença de eletronegatividade entre as partes que interagem nas moléculas sāo menores.  

Exemplo: interação entre moléculas de ácido clorídrico (HCl).

 b) Dipolo-dipolo induzido: ocorre entre moléculas polares e apolares. A molécula polar induz um dipolo momentâneo na molécula apolar fazendo com que haja interação entre ambas. Um exemplo típico dessa interação, são os refrigerantes, pois no processo de fabricação, gás carbônico (CO2 - apolar) é dissolvido em água (polar).

 

c) Dipolo induzido-dipolo induzido: Também conhecida por forças de London, representa as interações que ocorrem entre substâncias apolares. A existência de benzeno , hexano e outras substâncias no estado líquido (substância apolar) é explicada por isso. Estas interações também explicam o fato de as lagartixas conseguirem subir nas paredes: 

- isoladamente, têm-se moléculas apolares que são incapazes de sobrepor a gravidade, porém, as patas das lagartixas apresentam milhões de filamentos que se subdividem em milhares de estruturas extremamente pequenas que são conhecidas por espátulas. Estas estruturas, por serem pequenas, aumentam a superfície de contato entre a pata da lagartixa e a parede, o que produz força suficiente para sustentar o corpo do reptil. 

Você encontra mais conteúdo e exercícios sobre este tema no tópico "ÁGUA"! Confira e estude um pouco mais!

video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video video

Lista Respostas
Lista 1 - forças intermoleculares ver / baixar Começar

Videoaula

Nenhuma video cadastrado

Áudio

Nenhuma audio cadastrado
Nenhuma curiosidade cadastrada

Selecione uma aula ao lado para visualizar seu conteúdo!

Videoaula

QUESTÃO 3 - QG - ENEM 2016

COMPORTAMENTO DIFERENCIADO DA ÁGUA

INTRODUÇÃO

Tire suas dúvidas com professores qualificados.

A qualquer momento, esteja à vontade para entrar em contato conosco! Tire suas dúvidas e peça-nos sugestões a respeito dos temas que mais caem nos principais vestibulares do Brasil! Também, estamos abertos às suas sugestões e críticas para que o Enemex Química fique cada vez melhor!

Estamos à sua disposição!

Um abraço e muito obrigado por nos acompanhar!

Prof. Sergio Pereira e Joel Pontin